RÁDIO ALVORADA – 41 ANOS!

A Rádio Alvorada, a pioneira da BR-364, e a terceira mais antiga do Estado, comemora este mês, seu 41º ano de existência.  Esta semana, uma sério de reportagens foi pelo radialista, Fábio de Souza, contando um pouco da história da emissora. Um desses ‘bate-papo’, foi com o empresário Luiz Bernardi, um dos fundadores na instituição. Outro personagem desses mais de 41 anos, também foram levados aos estúdios para falar dessas quatro décadas de sucesso.

Luiz Bernardi, disse que a existência da Alvorada, também é a história de Ji-Paraná, através de suas ações, em todos os seguimentos da sociedade. Ele revelou que pouco tempo depois, o mesmo percebeu a comunicação, não era a sua ‘praia’. Para ele, a Rádio Alvorada sob a direção da Família Gurgacz, estar em boas mãos. Atualmente, a emissora funciona no mesmo endereço da Rede TV! RO e a sucursal do jornal Diário da Amazônia, com uma programação diversificada, 24 horas, e mesmo, tendo ‘virado’ FM, não deixou de lado o sem campo mais forte, o jornalismo com a cobertura dos mais importantes eventos da cidade.

TROCA

E o 2º Batalhão de Polícia Militar (2º BPM), sediado em Ji-Paraná, já conta com novo comandante. Na sexta-feira (11), pela manhã, em solenidade que contou com a presença de autoridades dos poderes Judiciário e Executivo, além de convidados, foi realizada a troca de comando, saindo o tenente coronel João Sena Neto que foi substituído pelo major PM Yuri Frota Ribeiro.

CRÍTICA

Um áudio vazado esta semana, trouxe à tona o primeiro descontentamento de uma das expositoras do Feirão do Produtor, às quartas-feiras. Uma vendedora quis saber o porquê que um determinado vendedor, participantes de outras feiras, também foi inserido nesse dia, já que a quarta ficou exclusiva para os produtores da Agricultura Familiar, deixando a mesma indignada.

TRÂNSITO

Ainda falando de Feirão do Produtor, expositores com a secretaria de Agricultura tentam encontrar uma solução para a questão do problema do estacionamento na citada região. A questão afeta, não somente os produtores, com suas vendas, e principalmente, porque afasta o consumidor, já que ele não encontra, em nenhum momento um espaço para estacionar seu veículo.

CRIANÇA

E pela primeira vez, na sua história, o governo do Estado não liberou o espaço do estádio Biancão, para a realização da Festa das Crianças, promovida pela empresa Mabel. A justificativa, não foi apresentada. A saída, segundo um dos membros da família, foi desmembrar a festa em quatro bairros, sendo um deles no bairro Duque de Caixas, as margens da BR-364.

CRIANÇA II

Quem também homenageou a criança, foi a direção da creche Zilda Arns, localizada no bairro Parque São Pedro, primeiro distrito de Ji-Paraná. A aula, foi especial, com muitas brincadeiras, lanches, pipocas, pula-pula e muito suco. Segundo a direção, as atividades alusivas ao Dia das Crianças já é uma tradição, já que a maioria dos seus pequenos alunos são oriundos de famílias carentes.

Autor:

Jornal,

Diário da Amazônia